TopFranquicias España ESPAÑA       TopFranquicias Portugal PORTUGAL      

Procura de Franchising


ranking franchising
os mais lucrativos
baixo investimento
franchising premium
os mais inovadores
novos franchising
franchising de sucesso

Lista de Notícias

Lista de Notícias da Economia

Subscreva-se ao Boletim
 
Nome:
Apelidos:
e-mail:
C.P.:
 



RE/MAX contraria estagnação no sector imobiliário e cresce 16% em facturação em 2009
A RE/MAX fechou o ano de 2009 com um aumento de facturação de 16% face a 2008. O volume total de negócios movimentado pela maior rede imobiliária a operar em Portugal ascendeu a 1.442 milhões de euros, valor que traduz um crescimento de cerca de 20% face ao volume movimentado pela rede em 2008 que rondou 1,2 mil milhões de euros. Em número de transacções, a RE/MAX cresceu 18%. A rede mediou 26.465 transacções contra as cerca de 22.500 realizadas em 2008. A RE/MAX detém uma quota de 13,2% do mercado imobiliário nacional em volume de negócio. No mercado específico da mediação imobiliária profissional, a RE/MAX lidera com uma participação de cerca de 22%. A quota de mercado da RE/MAX cresceu 52% nos últimos dois anos.
A RE/MAX fechou 2009 com 213 agências e 2.200 angariadores a operar em todo o país. Os imóveis comercializados, em exclusivo, pela rede ascendem a mais de 45 mil.
Os saldos no imobiliário, as permutas e o lançamento da submarca RE/MAX Collection para o mercado de luxo, foram os impulsionadores do crescimento da rede no ano transacto. Em 2010, quando completa uma década de presença no mercado nacional, a RE/MAX aspira alcançar os 20% de quota de mercado.


A RE/MAX terminou 2009 com um crescimento de 18% no número de transacções realizadas. No ano transacto, a rede imobiliária de origem norte-americana que completa agora 10 anos em Portugal, realizou 26.465 transacções (contra as 22.528 em 2008) que movimentaram mais de 1,4 mil milhões de euros, sensivelmente mais 20% que em 2008. A facturação da rede cresceu 16%.

A terceira edição da campanha de saldos RE/MAX lançada no início de 2009, a aposta nas permutas entre particulares e o lançamento da submarca RE/MAX Collection para abordar o mercado imobiliário de luxo foram os principais motores do acentuado crescimento registado pela rede, contrariando o cenário de estagnação do sector.

“Foi um ano que podemos dividir em dois períodos distintos; um primeiro semestre em que o mercado sentiu grandes dificuldades no fecho de transacções devido ao cenário de recessão económica mundial, à quebra de confiança dos consumidores e pelas limitações impostas à concessão de crédito para compra de casa. O segundo semestre veio progressivamente inverter esta situação, com sinais de crescente recuperação”, salienta o presidente executivo da RE/MAX em Portugal, Manuel Alvarez.

“Nos últimos quatro meses de 2009, a rede RE/MAX atingiu crescimentos comparativos muito acentuados que permitiram contrabalançar as dificuldades dos primeiros meses do ano”, refere Manuel Alvarez que acrescenta: “Em Setembro, o número de transacções cresceu 48%, em Outubro o crescimento homólogo foi de 38%, em Novembro de 59% e, em Dezembro, o aumento no número de transacções atingiu os 37% face ao mesmo período de 2008.”
O maior número de transacções realizadas pela RE/MAX em 2009 registou-se no distrito de Lisboa (49,7%) seguido do Porto (10,8%), Setúbal (9,5%) e Faro (7,8%). As principais tipologias transaccionadas foram T2 (44%), T3 (33%) e T1 (15%). Os imóveis de luxo (acima de 500 mil euros) representaram 0,9% das transacções realizadas e 5,5% do volume total de negócios movimentado.

Nos arrendamentos, o aumento face a 2008 foi de 37,4% (10.055 transacções realizadas). Lisboa mantém-se como principal distrito, representando cerca de 52% do número total de arrendamentos realizados em 2009, a que se seguem os distritos do Porto e de Setúbal (11%) e Faro (cerca de 5%).

A RE/MAX concluiu 2009 com 213 agências, número que em 2010 deverá ascender a 240 com a abertura de 27 novas lojas. A região Norte e Centro são as principais zonas de expansão da marca.
A integração na rede de novos angariadores deverá seguir os padrões de anos anteriores (cerca de 500 novos mediadores/ano), embora o enfoque da marca em 2010 se mantenha na especialização das suas equipas, em particular para abordarem o mercado de luxo.

A RE/MAX ambiciona fechar 2010 com um volume total de negócio de 2.000 milhões de euros. Em termos de facturação, a rede gostaria de atingir um crescimento de cerca de 35% face aos resultados de 2009. “Gostaríamos de cumprir o objectivo traçado pela marca há sete anos, de atingir os 20% de quota em 2010, o que significa chegar a um volume de negócios de dois mil milhões de euros”, sublinha o presidente executivo da RE/MAX Portugal. “É uma meta muito ambiciosa mas é preciso não baixar os braços.”

A RE/MAX iniciou o ano com o lançamento da 4.ª edição dos Saldos RE/MAX que este ano envolvem mais de 4.000 imóveis, com descontos que oscilam entre os 5 e os 71%. Até 28 de Fevereiro, a listagem de imóveis com baixa de preços inclui apartamentos, terrenos, moradias ou arrendamentos, com descontos que podem chegar aos 600 mil euros.
_____________________________________________________________________________

Fundada em Denver, no Colorado (EUA), em 1973, a RE/MAX é a maior rede internacional de franchising imobiliário a operar em cerca de 70 países, através de mais de 7.000 agências e cerca de 120.000 agentes associados.

A RE/MAX Portugal foi criada em 2000 e, desde 2001, ocupa o 1.º lugar do ranking de franchising do IIF – Instituto de Informação em Franchising para o sector imobiliário. Em 2009, a marca foi eleita, pela terceira vez consecutiva, Marca de Excelência. A RE/MAX Portugal integra, também, pelo segundo ano consecutivo, o ranking das 30 melhores Empresas em Portugal do Best Place to Work Institute.

Em 2010, a RE/MAX foi considerada pela primeira vez, ao cabo de três anos consecutivos na segunda posição, a Melhor Empresa para Trabalhar em Portugal no estudo realizado pela consultora de recursos humanos Heidrick & Struggles para a revista EXAME.


Veja o perfil dessa franquia


PARTNERS:

Bestfranchising Consulting   Aviñal Abogados   Franchise Magazine   Vieira   APF   ACB Braga   New Alliance   FERPOS   Millenium bcp

O melhor directório de franchising na web organizados por sector e actividade. Nosso sistema de procura põe à sua disposição todas as oportunidades de negócio do mercado com a lista de franchising mais completa de Portugal. Confira a informação a respeito dos sectores de seu interesse. Encontre o negócio que mais se ajuste às suas necessidades com ajuda de nossos assessores. Obtenha grátis o seu plano de viabilidade económica e registre-se em nosso boletim de notícias especializado em franchising.


Rss de TopFranquicias.es BestFranchising.pt Todos os direitos reservados 2013 - Sobre uso de dados pessoais

Telemóvel: 00351-91-3305139

Tarifas bestfranchising